InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 24 em Ter Nov 17, 2015 12:09 pm
Últimos assuntos

Compartilhe | 
 

 Centro Hospitalar de Coimbra fez primeiro Implante coclear híbrido

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Alice
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 425
Data de inscrição : 28/04/2008
Localização : Setúbal

MensagemAssunto: Centro Hospitalar de Coimbra fez primeiro Implante coclear híbrido   Qua Nov 25, 2009 8:31 pm

A equipa do Serviço de Otorrinolaringologia do Centro Hospitalar de Coimbra (CHC) realizou o primeiro implante coclear híbrido em Portugal, uma nova técnica que permite devolver audição aos doentes, independentemente do seu nível de surdez - foi hoje (dia 25) anunciado.

O dia 24 de Novembro marca uma nova etapa da Otorrinolaringolodia portuguesa, protagonizada pela equipa do Serviço de Otorrinolaringologia do CHC. O primeiro doente a beneficiar de um implante coclear híbrido foi uma mulher, de 47 anos. "Era uma paciente com audição nas frequências graves, pelo que não era candidata ao implante clássico, mas que não tinha qualquer qualidade de vida, porque a prótese que possuía era manifestamente insuficiente", conta o médico Carlos Ribeiro.

"Quando a surdez atinge uma determinada dimensão em que as próteses já não conseguem ajudar, mas em que há alguma audição, impedindo o implante coclear comum, o implante coclear híbrido, que conjuga estes dois métodos, é a solução que procurávamos", explica o director do Serviço de Otorrinolaringologia do CHC.

O Centro Hospitalar de Coimbra volta, assim, a ser pioneiro em Portugal na área dos implantes cocleares, juntando-se uma vez mais ao pelotão da frente das unidades europeias especializadas na área. "Do ponto de vista emocional, este avanço é uma lufada de ar fresco, porque pela primeira vez em Portugal podemos dizer que, qualquer que seja o problema de surdez, nós podemos ajudar", salienta Carlos Ribeiro.

"Havia um hiato na resposta que a Medicina tinha para oferecer: havia doentes em grande sofrimento, a quem a prótese auditiva dava uma resposta insuficiente para o dia-a-dia, mas que mesmo assim, não podiam submeter-se ao implante coclear convencional, que lhes anularia a audição que já possuíam para as frequências graves. É para estes doentes que surge o novo implante", explica Carlos Ribeiro. De resto, adianta, mesmo que um desses doentes fosse submetido a um implante coclear comum, o que aconteceria era que perderia a audição das frequências graves que já possuía. "Esta perda da frequência grave é significativa. Os sons graves dão harmonia, percepção de ritmo e até conforto", sublinha o mesmo especialista.

Por outro lado, refere, a aplicação do novo método terapêutico, requer um nível de exigência adicional relativamente ao implante convencional. Para além de utilizar a estimulação eléctrica característica de um implante coclear comum, o novo método recorre ainda à estimulação sonora, própria da prótese auditiva. "Este implante torna-se mais exigente na sua realização cirúrgica, necessitando de um elevado nível de especialização da equipa que o realiza", frisa Carlos Ribeiro.

O mesmo grau de exigência é tido em consideração aquando da selecção dos doentes, submetidos a "critérios de selecção muito rigorosos". "Só avançamos se a pessoa tiver surdez profunda nas frequências agudas - as frequências da palavra - e audição nas frequências graves, nunca por outros critérios, por exemplo, de nível estético", explica o director do Serviço de Otorrinolaringologia. Outro dos requisitos é que o nível de surdez tenha já estabilizado. "Não podemos colocar um implante coclear híbrido em pessoas que tenham doenças que nos façam pensar que a surdez será progressiva", salvaguarda Carlos Ribeiro.

Escrito por CP Quarta, 25 Novembro 2009 15:58

Fonte: Jornal Diário Campeão - Portugal.

_________________
A vida tirara-me um sentido, e mais tarde a tecnologia devolveu-ma graciosamente, de braços estendidos perante a possibilidade, bastou escolher e isso é bonito de se ver. Decifrar os sons, no corpo de adulta mas criança ao mesmo tempo. É magia. O deslumbramento de um novo renascer.
National Geographic Portugal.

Surda Profunda desde 18 meses de causa não determinada.
Implantada no Hospital dos Covões - Coimbra.
Dr.Fernando Rodrigues
Nucleus Freedom: 29/06/2007
Activação: 30/07/2007
PORTUGAL
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ouvido-bionico.blogspot.com
-CarpeDiem-

avatar

Mensagens : 60
Data de inscrição : 28/04/2008
Idade : 35
Localização : Pero Negro (Sobral de Monte Agraço)

MensagemAssunto: Re: Centro Hospitalar de Coimbra fez primeiro Implante coclear híbrido   Sab Jan 09, 2010 11:08 am

Olá, ouvi falar desde ICH e chamou-me atenção, pois eu sou uma das que não era uma boa candidata ao IC convencional. Alguém tem mais informações acerca disto?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcedo



Mensagens : 11
Data de inscrição : 06/04/2009
Localização : Coimbra, Portugal

MensagemAssunto: EAS   Dom Jan 10, 2010 12:20 am

Esta tecnologia, paralela aos implantes cocleares, chama-se Estimulação Eléctrico-Acústica e foi desenvolvida pela MED-EL.

Ontem mesmo saíu uma notícia na SIC sobre este assunto, que pode ser vista aqui: http://tinyurl.com/ycl3e5e.

Para mais informações, pode sempre pesquisar a página da MED-EL (por agora ainda não em português): http://medel.com/english/30_Products/EAS/index.php

Se necessitar de informação complementar, não hesite em contactar-nos. Teremos todo o gosto em esclarecer todas as dúvidas que tenha!

Cumprimentos,

Jorge Marcedo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
-CarpeDiem-

avatar

Mensagens : 60
Data de inscrição : 28/04/2008
Idade : 35
Localização : Pero Negro (Sobral de Monte Agraço)

MensagemAssunto: Re: Centro Hospitalar de Coimbra fez primeiro Implante coclear híbrido   Dom Jan 10, 2010 12:11 pm

Obrigada pela informação, Jorge Macedo! No entanto, gostava de saber se existe alguma diferença entre o IC e o ICH em termos de modelo/estética e o funcionamento? Obrigada! Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Centro Hospitalar de Coimbra fez primeiro Implante coclear híbrido   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Centro Hospitalar de Coimbra fez primeiro Implante coclear híbrido
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Centro de massa de um martelo
» Calculo de centro de gravidade
» Polígono regular - (diagonais que não passam pelo centro)
» Lançamento oblíquo-centro de massa
» centro de gravidade

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Implante Coclear :: A Tecnologia e Factos-
Ir para: